Notice (8): Trying to get property of non-object [APP/Controller/ContentsController.php, line 270]
Um quintal para chamar de seu nas férias - Blog da Letrinhas

Um quintal para chamar de seu nas férias

Férias é tempo de brincar no quintal, onde restos de coisas se transformam em brinquedos, é possível se sujar e ter esconderijos especiais. Mas, com o acelerado crescimento das cidades nas últimas décadas, esses espaços estão cada vez mais diminutos – quase inexistentes. É para suprimir a falta de quintais que estão surgindo espaços para brincar nos centros urbanos.

Uma dessas iniciativas em São Paulo é a Casa do Brincar, um quintal onde dá para andar com o pé na terra, brincar em balanço, andar de bicicleta e sujar-se de tinta. Lá as crianças experimentam brincadeiras livres e o brincar com o simples, fazendo muitas descobertas. Diferentemente da escola, que separa as crianças por idades, esse quintal proporciona a troca entre diferentes faixas etárias. Pequenos e grandes brincam juntos,  lembrando um tempo em que grupinhos de meninos e meninas se misturavam nas ruas.

Toco, caixa de madeira, panela e tecidos, entre outros materiais, são oferecidos às crianças – e viram brinquedos. “Buscamos valorizar materiais que não são brinquedos e que viram brinquedos nas mãos das crianças”, diz Luciane Motta, fundadora e diretora da Casa do Brincar, onde há também ofertas de brinquedos industriais e artesanais, tudo misturado.

É no brincar que a criança aprende com as descobertas, as interações e até se sujando. O convívio entre diferentes idades é um fator que agrega ainda mais no despertar de habilidades, no entendimento de limites e no desenvolvimento de empatia – questões muito valiosas para a vida. “O brincar oferece todas essas ferramentas. O mais velho vai ter que decidir como vai ajudar o menor. Embora a criança mais nova não brinque com a mais velha, ela observa, ela passa a ter contato com mais vocabulário.”

Além dos valiosos momentos do brincar livre, sem orientações de adultos e o tempo da criança preservado na brincadeira, a casa oferece também atividades de musicalização, ioga, culinária, artes plásticas e narração de histórias. E todo dia tem uma tinta diferente (feita com vegetais ou misturada com areia, por exemplo) para as crianças se esbaldarem.

Luciane destaca a importância do brincar na infância, principalmente nos primeiros sete anos de vida da criança. “Se você cuidar na primeira infância e deixar a criança brincar, oferecer vivência de muitas experiências e desenvolvimento das habilidades, ela vai ser capaz de responder aos problemas com criatividade e jogo de cintura mais pra frente”, afirma.

Mas o brincar, lembra a própria empreendedora, não deve estar restrito a espaços privados como a Casa do Brincar. É fundamental ocupar espaços públicos da cidade, visitar com frequência praças e parques, brincar na avenida Paulista, fechada aos domingos. “Os adultos precisam se conscientizar que dá para explorar esses espaços, que são de todos. Não dá para ficar privando as crianças de andarem de ônibus e brincarem em praças e coisas do tipo. Elas não podem ficar trancadas em casa.”

Outros quintais para brincar

Quintal do Brincar

Em Guarulhos (SP), o Quintal do Brincar é um espaço que acolhe com o aconchego crianças de seis meses a seis anos. O local busca um brincar com simplicidade, interação entre crianças e brincadeiras que promovem a criatividade infantil. Há atividades de música, artes plásticas, contação de histórias, cultura popular e culinária. Também tem um cantinho para que os pais possam relaxar ou trabalhar enquanto as crianças brincam.

Instituto Tear

É um imenso quintal, cheio de plantas e árvores, na cidade do Rio de Janeiro. Lá há diversas atividades relacionadas à cultura popular, às artes plásticas e à música. Geralmente em janeiro, o espaço costuma receber as crianças numa espécie de colônia de férias – com direito a banho de mangueira! O Instituto Tear é uma organização não governamental criada por um grupo de arte-educadores e artistas no bojo do Movimento Escolinhas da Arte do Brasil.

Malubambu

O brincar livre está presente na agenda do Malambu, espaço criado há cinco anos na capital baiana, Salvador. Nasceu da busca de uma mãe por um espaço lúdico de aprendizagem e desenvolvimento. As atividades são pensadas por profissionais de diferentes áreas do desenvolvimento infantil e todas as brincadeiras podem ser livremente escolhidas pelas crianças que frequentam o espaço.

Casinha de Sabenças

O Sabenças da infância existe desde 2010 em formas de oficina e pesquisas sobre as tradições da infância. O projeto ganhou um espaço físico nos fundos da casa da arte-educadora Thâmile Vidiz, que define o local como um ateliê-cabana e convida as crianças para ali serem aquilo que realmente são: crianças! O quintal fica no bairro Conjunto Residencial Butantã, em São Paulo.

 

Neste post
Acesse a Letrinhas nas redes sociais