Para manter histórias e brincadeiras em dia

 

Como escolher o melhor livro para seu filho ao adentrar uma livraria abarrotada de lançamentos? Há algum canal bacana para ouvir histórias numa tarde chuvosa? Que livro é mais indicado para uma criança que adora ciências e tecnologia? Para responder a questões como essa, selecionamos canais e portais, entre blogs, sites e páginas em redes sociais, para que os pais possam contar com uma ajudinha extra na hora de fazer a curadoria do que se consome culturalmente em casa, na hora da leitura, durante as férias ou aos finais de semana.

Confira a lista completa a seguir!

***

Lunetas

"Lentes de aumento sobre o universo das infâncias": assim se define o portal Lunetas, uma iniciativa do instituto Alana que visa trazer reflexão e conteúdo jornalístico sobre as diversas formas de ser criança no Brasil. Com uma agenda cultural diversa e bem atualizada, uma seção de colunistas, entre outros temas e formatos, o site reúne diversas dimensões do que significa criar uma criança, do educar ao brincar, do comer ao passear. Nesta seleção , por exemplo, o site indica canais infantis no YouTube livres de publicidade e considera o auxílio das telas para os momentos em que os pais precisam tomar conta de outras tarefas. Acompanhe o Lunetas também pela página no Facebook e pelo Instagram.

 

 

 

Revista Emília

A revista digital Emília, no ar desde 2011, produz conteúdo e, mais recententemente, promove seminários, para contribuir com o debate sobre livros e literatura. O site reúne entrevistas e artigos, aprofunda discussões sobre assuntos polêmicos vinculados ao universo literário, recomenda títulos, organiza materiais a respeito dos tipos de leitores e as experiências literárias que se relacionam ao momento de vida de cada um, entre outros tópicos centrais sobre o tema. Em sua página do Facebook e no seu perfil no Instagram, são divulgados os textos do site e eventos culturais.

 

 

 

Laboratório da Educação

Laboratório da Educação é ONG fundada em 2012 pelas educadoras Beatriz Cardoso e Andrea Guida Bisognin, com o objetivo de sensibilizar os adultos sobre seu papel no processo de aprendizagem das crianças. Disponibiliza, em seu site, notícias que tratam sobre leitura e brincadeira. E, para incrementar a relação desses dois pilares da infância, tem plataformas como o aplicativo Apprendendo e o roteiro de passeios temáticos CidadeParque de Diversões. No aplicativo, são apresentadas atividades que ajudam adultos a enriquecer as interações das crianças com os ambientes que as cercam, dentro ou fora de casa. A partir dessas atividades, cada interação pode ser revertida em um aprendizado. Já o roteiro de passeios temáticos visa exercitar uma nova relação com a cidade, a partir de diferentes perspectivas como diversidade e natureza.

 

 

 

 

A Cigarra e A Formiga

Daisy Carias, jornalista formada pela UFPR, abastece o blog A Cigarra e a Formiga com dicas de literatura infantil baseadas no seus estudos sobre o tema e nas experiências com seus dois filhos, Francisco, de 7 anos, e Vinícius, de 1 ano. Em 2015, inaugurou um canal no YouTube para criar listas de leitura, como "Livros para refletir" e "Livros Infantis sobre diferentes famílias", e discutir alguns assuntos como clubes de assinatura, qualidade dos livros infantis e formas de fazer a leitura com  os bebês. A Cigarra e a Formiga também está no Instagram e no Facebook e, neste último, serve como meio de divulgação de eventos.

 

 

 

 

Pecinha é a vovozinha

Dib Carneiro Neto, crítico de teatro para crianças e jovens desde os anos 1990, desenvolve uma série de conteúdos sobre peças infantis e juvenis no site e na página do Facebook Pecinha é a vovozinha. Nessas plataformas, ele comenta sobre as peças em cartaz, elabora reportagens sobre o universo teatral, publica vídeos de apresentações e oficinas e até disponibiliza uma biblioteca para quem se interessa e produz teatro para crianças e jovens. Depois de tudo isso, fica fácil de entender o título do projeto, que desconsidera o teatro infantil como arte menor: "Como assim? Pecinha é a vovozinha!".

 

 

 

 

A Taba

Com o objetivo de formar um coletivo de pessoas que vive e experimenta leitura, A Taba realiza curadoria de livros infantojuvenis. A empresa, formada por um grupo de especialistas em literatura infantil e juvenil, educadores, pais, bibliotecários, contadores de histórias, mantém postagens sobre agenda, entrevistas e indicações literárias, como "10 dicas para envolver as famílias no trabalho com a leitura na escola". Além de oferecer um serviço por assinatura de clube do livro. No Facebook e no Instagram, a atualização da agenda de eventos acontece com maior frequência e outros conteúdos retomam o que foi postado no site. No Youtube, há contação de história, bate-papo e roda de leitura.

 

 

 

 

Fafá Conta Histórias

Flávia Scherner, ou como é mais conhecida no YouTube, Fafá, é atriz há mais de dez anos e conta histórias infantis no seu canal. Atua desde 2015 na atividade de gravar vídeos, comanda todas as etapas do processo, direção, edição, mídias sociais e projeto gráfico. Além de ter confeccionado o Lelê, o boneco que utiliza nas contações e também é parte do cenário. Pelo Facebook da contadora é possível acessar a sua agenda de eventos e, em seu Instagram, há postagens de fotos desses eventos, recomendações de livros e atualização dos vídeos no canal, esses dois últimos também são publicados em seu blog.

 

 

 

 

Estúdio Voador

O Estúdio Voador, empresa de criação de conteúdo para crianças, pais e educadores, gerencia dois projetos no Instagram: Inventórios e Biblioteca de Fora. O primeiro deles, administrado por Ana Paula Campos, traz indicações de livros de não ficção, além de sugestões de eventos e outras inspirações que envolvam experiências e vivências das crianças. Já o segundo, sob os cuidados da jornalista Thais Caramico, estabelece uma conexão entre infância, natureza, leitura e arte, explorando esses temas nos formatos de livros, ilustrações e também vivências. Ambos mesclam bons conteúdos contemplativos, reflexivos e informativos.

 

 

 

 

Era Outra Vez

Era Outra Vez é o blog do jornalista Bruno Molinero sobre livros infantojuvenis “e outras histórias”, no portal da Folha de S. Paulo. Nele, são compartilhados comentários sobre os lançamentos (“Roger Mello apresenta uma das primeiras escritoras da história em livro ilustrado”), postagens sobre eventos e dicas e entrevistas com nomes ligados à literatura (“Puritanos querem transformar crianças em Rapunzel, diz Pedro Bandeira”). Há boas listas de leitura (“10 criaturas para conhecer nos livros”; “os 10 livros infantojuvenis de 2018”), . O jornalista também mantém seu Instagram com as atualizações do site.

 

 

 

 

Pretinhas Leitoras

As Pretinhas Leitoras, Eduarda, Helena e Elisa, booktubers há pouco mais de seis meses, discutem a representatividade na literatura e a importância de outras formas de se pensar a educação. Na intenção de construir outras narrativas identitárias, elas também buscam despertar o interesse das crianças nesse universo literário. Tanto no canal do Youtube quanto nas páginas do Facebook e Instagram, o trio compartilha leituras (de livros e de mundo) e eventos dos quais participam, como a roda literária no Sesc Pompeia que estiveram em novembro de 2018.

 

 

 

 

Blog Clube Quindim

O Clube de Leitura Quindim, criado em São Paulo, em 2016, tem a missão de levar obras de qualidade às crianças por meio de um serviço por assinatura. O Clube abastece um blog com informações relativas às áreas da literatura, da cultura e da educação, no qual o leitor pode encontrar conteúdos como dicas para escolher livros para as crianças e sugestões de cursos e reflexões sobre a política em sala de aula. Além do blog, o Clube de Leitura agora também conseguiu concretizar o desejo de promover trocas literárias além dos ambientes virtuais com o Instituto Quindim, inaugurado no final de 2018 em Caxias do Sul (RS).

 

 

 

 

Guia Fora da Casinha

Luísa Alves e Lis Mangariello reivindicam que os meninos e as meninas são cidadãos desde a barriga da mãe. Assim, quando nascem têm o direito de conhecer e ocupar os espaços da cidade, com uma visita ao parque, uma ida ao cinema ou até mesmo a um jantar num restaurante. Pensando nisso, criaram o Guia Fora da Casinha para sugerir lugares de lazer e culturais em São Paulo, muito além dos habituais shoppings. As dicas para desvendar uma cidade mais amiga das crianças também estão no Instagram e no Facebook. No YouTube, há uma discussão voltada à paternidade e à maternidade e vídeos "faça você mesmo”.

 

 

 

 

Livreirinha

Seguindo a crença de que ler incentiva o diálogo, Ana Claudia, historiadora e livreira, reúne dicas de livros infantojuvenis no seu blog Livreirinha. Organizados por temas ou por tipos de leitores, as obras indicadas contemplam temas e repertórios variados, de clássicos a contemporâneos, passando por bebês e leitores fluentes. No Facebook e no Instagram, você também pode encontrar as dicas literárias e acompanhar alguns lançamentos e eventos em que Ana marca presença.

 

 

 

 

Blog da Brinque

O blog da editora Brinque-Book, criado em 2013 e coordenado por Thais Caramico, é dividido em diversas categorias, como Notas literárias, Artigos e 5 dicas de. A partir dessa organização, abrange temas variados, indica eventos, cursos e seminários, elabora lista de livros e discute assuntos pertinentes à experiência das crianças, como um artigo sobre o brincar livre e saudável nos dias de hoje. No YouTube, compartilha vídeos de contação de histórias e entrevistas.

 

 

 

 

Kids Indoors

Gisele Federizzi Barcellos e Catherine De León, mães e artistas plásticas, juntaram suas habilidades para criar um blog de "dicas para entreter crianças 'presas' em casa". Kids Indoors, desde Setembro de 2008, traz sugestões de livros, brincadeiras, filmes e jogos, entre outras atividades, para criar crianças arteiras no melhor sentido da palavra. Os pais também não ficam de fora e vez ou outra aparece uma recomendação para os mais grandinhos. No Facebook, textos do blog, novidades do campo literário e notícias de outros veículos, geralmente voltados à educação, são compartilhados. No Instagram, há mais indicações de livros e produções artísticas, como o processo criativo de um novo livro ou uma fantasia de tartaruga ninja para o Carnaval.

 

 

 

 

Brincando e contando

Pedagoga formada pela Universidade Federal de Pernambuco, Marcela Rios, mãe de Maria Geovanna e Miguel, dedica-se a compartilhar dicas de leituras e brincadeiras que tem com seus filhos. Reunindo em seu blog ideias que surgem do contato com os livros (um método de organização dos exemplares com material reciclável e um guarda-chuva decorado que pode ser um bom aliado na contação de histórias), Marcela explora o universo imaginativo da infância. No Instagram, você pode conferir algumas dessas descobertas e criações.

 

 

 

 

Casa da Rosinha

Para cariocas, a Casa da Rosinha em Laranjeiras, criada, em 2016, pela educadora e mediadora de leitura Rosa Walcacer, oferece uma boa programação literária para crianças. Com cursos, oficinas e encontros sobre mediação de leitura, a casa também realiza um projeto especial de literatura com bebês. Os conteúdos do Facebook e do Instagram são semelhantes, registram as atividades da casa e também recomendam livros e eventos. No Facebook, no entanto, ainda há o compartilhamento de alguns eventos que não constam no Instagram e de textos de outros veículos relacionados à literatura.

 

 

 

 

Estante de Letrinhas

A jornalista Bia Reis, que pesquisa a relação entre texto e imagem na literatura infantil brasileira contemporânea, mantém o blog Estante de Letrinhas no portal do Estadão. Em formato de coluna, ela opina sobre as novidades que circundam a literatura infantil, priorizando os lançamentos de livros de destaque no mercado editorial. Sazonalmente também faz entrevistas, indica atividades culturais e produz textos de serviço (por exemplo, quais os serviços de clube do livro disponíveis no mercado). Pelo Facebook, ela introduz as publicações do blog e convida o leitor a conhecê-lo, também produz um conteúdo mais interativo, comentando, inclusive, séries que assistiu.

 

 

Blog da Letrinhas

Além dos conteúdos postados semanalmente neste blog, que reúne diversas seções com entrevistas, artigos e serviços para leitores (principalmente, pais e educadores), há dois canais cheios de novidades boas para acompanhar, no Facebook e no Instagram. Espie lá!

 

Acesse a Letrinhas nas redes sociais