Combate ao racismo: que passos seguir na educação?

O racismo é um problema estrutural da sociedade brasileira e precisa ser combatido em casa e na sala de aula de forma permanente. Mas como fazer isso? O departamento de Educação da Companhia das Letras (Companhia na Educação) ouviu educadoras e ativistas da educação antirracista, que dão aqui sugestões para trabalhar o tema nas escolas e nas famílias, e provocam reflexões sobre a sociedade em que vivemos e as mudanças que precisam e podem ser implementadas. Confira!

 

1) Você sabe o que é racismo estrutural? 

Como implementar uma educação antirracista? Como aplicar a Lei 10.639, de 2003, que incluiu no currículo história e cultura afro-brasileira? Como descolonizar o saber? Juliana de Paula Costa e Arianda Patrícia, do projeto Pisar nesse chão devagarinho, falam sobre essas e outras questões no vídeo abaixo

 

 

2) Literatura antirracista e repertório cultural variado

Neste vídeo, a educadora e narradora de histórias Mafuane Oliveira, do projeto Chaveiroeiro, fala sobre a importância das histórias para capacitar e humanizar os diferentes grupos humanos e comenta sobre livros de países africanos de língua portuguesa, que ampliam o repertório cultural das crianças.

 

 

3) Mitos e contos africanos no combate ao racismo e intolerância religiosa

A artista Giselda Perê, do núcleo Agbalá Conta e mestra em arte-educação pela Unesp, explica para os professores como os mitos africanos podem ser utilizados na luta antirracista e no respeito à diversidade religiosa. 

 

 

Leia mais: 

+ A de África: o letramento racial nas escolas

+ Diversidade étnico-racial na sala de aula

+ Por uma educação antirracista

Acesse a Letrinhas nas redes sociais