8 livros com final feliz para animar o seu dia

Em tempos difíceis como os que vivemos, saber de um final feliz ajuda bastante a levantar o astral do dia, não?

Então, para comemorar o Dia Internacional da Felicidade – que é real-oficial e foi instituído pela ONU em 2012, de tão importante que é o assunto -, o Blog selecionou uma lista de livros nos quais tudo acaba bem, para a felicidade geral da nossa querida nação leitora.

Pelo menos aqui, teremos sempre um final feliz para melhorar o nosso humor!

 

1) O casamento do passarinho, de Hendrik Jonas

Chega a primavera e o passarinho quer muito uma noiva. Mas, diferente dos outros passarinhos, este aqui esqueceu seu próprio canto! Como será que ele vai fazer para atrair uma passarinha? A boa notícia é que, apesar das dificuldades encontradas no caminho, esse encantador conto acumulativo acaba em casamento. 

LEIA MAIS: 4 livros para começar o ano com leveza e bom-humor

 

2) A visita, de Antje Damm

Elise era uma mulher solitária, que nunca recebia ninguém em sua casa limpíssima e que tinha medo de tudo: de aranha, de gente e até de árvore. Então, imaginem só como ela ficou quando, um dia, bateram à sua porta! Era o menino Emil, que precisava entrar para ir ao banheiro, mas acabou chegando mesmo foi ao coração de Elise. Sua casa passa a ter mais cor e, depois dessa visita, ela volta a sorrir. 

 

3) Silvester e a pedrinha mágica, de William Steig

Silvester Duncan é um burrinho que adora colecionar pedras e vive com seus pais no vale da Aveia. Um dia, ele encontra uma pedrinha vermelha muito especial, capaz de realizar todos os seus desejos. Num momento de perigo, ele deseja virar uma pedra para escapar de um leão e… é exatamente isso que acontece. As estações vão e vêm e, por mais que seus pais o procurem, não conseguem encontrar Silvester. Como eles vão conseguir ser felizes de novo sem a presença de seu filho amado? Uma história linda sobre o amor e a felicidade de ver um enorme desejo atendido: ter de volta sua vida como ela sempre foi.

 

4) O Yark, de Bertrand Santini e Laurent Gapaillard

O Yark é um ogro de seis metros que adora comer criancinhas. Porém, seu estômago é muito sensível e ele passa mal quando come crianças que se comportam mal. O problema é que, nos dias de hoje, está cada vez mais difícil encontrar crianças boazinhas para comer. Até que o Yark conhece Madeleine, uma menina encantadora, cheia de boas ideias, que ele não consegue devorar... o que será que aconteceu? Uma história divertida e adorável sobre um monstro que  abandona um hábito terrível por amor.

LEIA MAIS: 9 autores de livros infantis que também são músicos - ou vice-versa!

 

5) Os grudolhos perseverantes de Frip, de George Saunders e Lane Smith

Um grudolho é como um carrapicho, só que maior, laranja e cheio de olhos. E ama tanto as cabras que gruda em seus pelos e é preciso muita escovação para arrancá-los dali. No vilarejo de Frip, as cabras de toda a vizinhança são infestadas, e as crianças passam o dia escovando os pobres bichinhos. É um trabalho tedioso, cansativo e infinito. Então, Valência, uma menina que acabou de perder sua mãe, tem uma ideia que pode melhorar sua vida e a de seus desagradáveis vizinhos.

LEIA MAIS: 23 frases da Malala para se inspirar

 

6) É proibido falar disso!, de Noemie Shay e Bruna Assis Brasil

Ruth vive em Haifa, Israel, e descobre que sua família guarda um segredo a respeito da vida de sua irmã mais velha, Batya. Mas ninguém pretende contar nada a ela: o segredo é envolto em silêncio, e sua família não fala nada sobre o assunto, de tanta dor que ele envolve. Ruth começa uma investigação por conta própria com seu grande amigo Dudi e descobre que mesmo as histórias mais atrozes têm a possibilidade de desenlaces felizes, especialmente quando há espaço para falar sobre elas. Baseado na história real da irmã da autora, que foi salva do Holocausto por uma mulher que era cristã.

 

7) Coelho 13º e o Olho que Tudo Vê, de Tania Del Rio e Will Stael

Coelho 13º é um garoto solitário que tenta manter o hotel de sua família em ordem depois da morte do pai. Mas ele precisa enfrentar os mistérios que envolvem o casarão decadente e sobreviver ao tio paspalhão e à sua terrível mulher Annaconda. O que Coelho não esperava era poder contar com novos e inesperados amigos, além de construir uma nova família bem diferente – e feliz.

 

8) Rônia, a filha do bandoleiro, de Astrid Lindgren e Ilon Wikland

Rônia é a filha única do poderoso Mattis, um famoso ladrão que assalta qualquer viajante que passa pela floresta. Mas ela não quer continuar essa linhagem de ladrões que vinha de gerações na família. A menina quer viver na floresta, em meio à natureza que tanto ama e às criaturas mais fantásticas. Mesmo contra a vontade do pai, Rônia se muda sozinha para uma gruta na floresta e vive muitas aventuras. Ela também se torna a melhor amiga do garoto Birk – e aí cria mais um enorme conflito com seu pai, porque Birk é filho de seu arqui-inimigo. Será que Rônia vai conseguir viver sua vida como sempre quis e ainda conquistar a aceitação de seu pai?

***

Leia mais:

8 curiosidades sobre o álbum "A arca de Noé", de Vinicius

+ 5 curiosidades sobre a vida de Lewis Carroll

+ 6 curiosidades para o aniversário do criador do Capitão Cueca

Neste post
Acesse a Letrinhas nas redes sociais