Uma volta ao mundo, com parada em Paraty

 

Já pensou como deve ser escorregar na neve da Antártida, conhecer os bugios ou avistar a aurora boreal? Pois são experiências como essa que a velejadora Marina Klink compartilha em seu lançamento Vamos dar a volta ao mundo?, livro em que apresenta aos seus leitores os biomas de todo o planeta a partir das suas aventuras em família, ao lado de seu marido, Amyr, e de suas três filhas, Marina, Tamara e Laura.

 

 

Assim como a cidade de Paraty foi cenário de partida para muitas dessas viagens, também será ponto de encontro no fim deste mês, quando a autora estará presente em bate-papos e em sessões de autógrafo durante a Flip. A programação acontece durante os dias 26 e 27 de julho, na Casa Fedrigori, na biblioteca do Cembra e na Livraria das Marés.

Com mais de cem competições disputadas, a velejadora casou-se em 1996 com Amyr Klink, que, naquela época, já era um aventureiro e tanto. Em 1983, ele terminou o seu primeiro barco, o I.A.T., e fez a primeira travessia solitária a remo do Atlântico sul, viagem pelo oceano Atlântico que durou semanas e rendeu o best-seller Cem dias entre o céu e o mar.

Quando o casal teve as gêmeas Laura e Tamara, a família pensou que Amyr finalmente descansaria em terra firme. Nunca. Ele continuou em suas expedições, naquela época a bordo do Paratii2, barco que demorou oito anos para construir. A viagem até o extremo Sul da Península Antártica foi solitária e seguida de um pedido da esposa: que não deixasse mais a sua família em casa. A partir de então, os Klink viajam juntos, explorando os quatro cantos do planeta Terra e compartilhando suas experiências e aprendizados em livros e palestras.

 

 

Com ilustrações de Cárcamo,Vamos dar a volta ao mundo? narra algumas dessas viagens, como uma incursão pelo deserto, uma paixão da filha Laura. De tão limpo que é o céu, é possível ver todas as constelações. Já a Marininha, outra filha do casal, prefere passear por lugares gelados, como o Polo Sul e o Polo Norte, onde é possível escorregar no gelo e fazer bonecos de neve. A narrativa da mãe Marina Klink é recheada de curiosidades sobre vários cantos do globo, como bichos e plantas de diferentes lugares, com direito a fotos das expedições da família, todas inspiradoras para os leitores traçarem suas próprias rotas.

***

Anote na agenda

Bate-papo com Marina Klink na Casa Fedrigoni

Onde: Casa Fedrigori (av. Otávia Gama, 142, Beira Rio)

Quando: 26/7, às 17h

Quanto: grátis

 

Bate-papo com Marina Klink na Casa Cembra

Onde: Cembra (r. Marechal Deodoro, 479, junto à Praça do Chafariz)

Quando: 27/7, às 11h

Quanto: grátis

 

Sessão de autógrafos com Marina Klink na Livraria das Marés

Onde: Livraria das Marés (r. Tenente Francisco Antônio, 52)

Quando: 27/7, às 18h

Quanto: grátis

 

 

Acesse a Letrinhas nas redes sociais