Novembro é mês da festa dos livros da USP

 

A tradicional Festa do Livro da USP, que acontece na semana que vem, de 28/11 a 1/12, é um dos eventos mais esperados pelos amantes da leitura. Neste ano, pais e filhos poderão aproveitar os descontos na seção dedicada à infância, com a participação de 25 editoras especializadas. A Companhia das Letrinhas participa do evento pela primeira vez.

Os livros infantis e juvenis têm tido destaque da festa desde a sua terceira edição, que aconteceu no pátio da História e da Geografia da universidade. Quem conta é a responsável pela divulgação da Edusp, Regina Brandão. “Mas naquele espaço não havia divisão clara por nichos." Apenas quando a feira foi realocada para o espaço da Poli, em 2011, é que foi possível agrupar as editoras infantis em um mesmo prédio.

 

 

Rafaela Deiab, responsável pelo Departamento de Educação do Grupo Companhia das Letras, lembra da importância da oferta de obras infantis nesse tipo de evento. “Na feira, os visitantes se dão conta da qualidade, da quantidade e da variedade de livros produzidos para esse público e podem conseguir atendimento especializado e sugestão para cada uma das crianças”, explica Rafaela.

O estande do selo Letrinhas reunirá uma boa representatividade do catálogo, que conta com mais de 700 títulos, incluindo clássicos da casa (Lá vem história, A maior flor do mundo e Píppi Meialonga), lançamentos de 2017 (Nas águas do rio negro Fabriqueta abecedário) e obras premiadas (Inês Malala, a menina que queria ir para a escola). Há livros de Carlos Drummond de Andrade, Mauricio de Sousa, Ana Maria Machado, Mario Prata, José Paulo Paes, Shel Silverstein e Reginaldo Prandi, entre outros autores. Para conferir a lista completa, clique aqui.

Histórico

A Festa do Livro surgiu em 1999, a partir de uma iniciativa do professor Plínio Martins, então presidente da Edusp. O objetivo inicial era trazer à universidade editoras acadêmicas, oferecendo ao público um desconto de 50%. A primeira edição contou com a participação de 12 editoras, principalmente de universidades. Depois, editoras não acadêmicas integraram o evento.

A feira chama a atenção pela sua proximidade com o público consumidor (a comunidade acadêmica, em especial), a qualidade dos livros expostos e, principalmente, os baixos preços. “Durante muitos anos, a divulgação do evento foi feita exclusivamente dentro da USP, sem apelo à mídia externa”, conta Regina.

 

 

O evento já mudou de local, calendário e formato dentro da universidade. Para Regina, a solução mais adequada é a atual, já que a festa acontece no mês de novembro, quando ainda há pessoas na universidade, e o acesso é próximo à entrada principal da USP, com vagas de estacionamento e linhas de ônibus que garantem fácil transporte.

A feira deste ano contará com a participação de mais de 150 editoras, que trarão desconto mínimo de 50% no valor de seus livros. Para acessar a lista com o acervo trazido pelas editoras e a localização de cada uma das casas editoriais, acesse o site oficial da Festa de Livros da USP.

 

Anote na agenda

O que: 19a. Festa do Livro na USP

Onde: avenida Prof. Mello Moraes, travessa C, Cidade Universitária

Quando: de 28/11 a 1º/12, das 9h às 21h