Bibliotecas infantis incríveis pelo mundo

 

Jorge Luis Borges imaginava o Paraíso como uma espécie de biblioteca. Essa imagem não acomete apenas o renomado escritor argentino: está no imaginário de todos aqueles apaixonados pelos livros. Para conhecer alguns desses “paraísos” ao redor do mundo, de Burundi a Cingapura e do México à Dinamarca, fizemos uma lista com bibliotecas inusitadas, inventivas, itinerantes e inclusivas. Embarque!

 

Biblioteca de Muyinga, em Burundi 

 

 

A Biblioteca de Muyinga, localizada no país africano de Burundi, é a primeira instalação de uma escola voltada a crianças com deficiência auditiva. Projetada em 2012, a estrutura foi construída com a ajuda da comunidade e o uso de materiais locais, como tijolos de terra. No interior, uma rede feita à mão é o principal atrativo para aqueles que buscam um canto tranquilo e confortável para as suas leituras.

 

Minha Casa na Árvore, em Cingapura

 

Foto Biblioteca Nacional de Cingapura

 

Aberta em 2013 em Cingapura, a biblioteca infantil denominada Minha Casa na Árvore tem um conceito de design e infraestrutura com materiais sustentáveis. A marquise, por exemplo, é feita com mais de 3 mil garrafas plásticas recicláveis recolhidas pelo público. O acervo da biblioteca é de 45 mil livros, sendo que um terço deles aborda a temática verde, com assuntos como animais, plantas, água, tempo e clima.

 

Biblioteket, na Dinamarca

 

 

Traduzida como simplesmente “A Biblioteca”, a Biblioteket recebeu o apelido de A Casa Dourada assim que foi aberta. Isso porque possui uma fachada brilhante que anuncia um espaço de encontro entre os habitantes das redondezas. Há, ali, um ambiente especialmente reservado às crianças.

 

The Pinch, na China

 

Foto John Lin

 

Nesta biblioteca comunitária na Província de Yunnan, na China, as crianças podem brincar de escorregar pelo telhado curvado da construção. Foi construída pelo governo chinês depois de uma série de terremotos ocorridos em 2012 na região.

 

Biblioteca Infantil de Monterrei, no México

 

 

O espaço, que compõe uma biblioteca infantil e um centro cultural, foi projetado para imitar a topografia montanhosa da cidade mexicana de Monterrei. As prateleiras estão incorporadas ao espaço dinâmico do brincar e do aprender, e as instalações coloridas contrastam com o edifício antigo e industrial em que foram construídas.

 

Escola Comunitária de Highfield, no Reino Unido

 

 

E se você pudesse andar por aí com a sua biblioteca? É assim que acontece com a biblioteca móvel da Escola Comunitária de Highfield, no Reino Unido. Localizada em um ônibus, os alunos utilizam o espaço para ler, realizar oficinas em pequenos grupos e até participar de um clube de leitura!

 

La Bibliambule, na França

 

 

Outra opção para quem gosta de ler não importa o lugar é a Bibliambule, criada pela francesa Amandine Lagut a partir de um financiamento coletivo. A bicicleta que transporta livros e redes a qualquer lugar não é delimitada às crianças, mas pode atrair os pequenos leitores que estejam em busca de novas aventuras literárias.

 

Bilbioteca Tio Tretton, na Suécia

 

Foto Andreas Burmester

 

Em Estocolmo, na Suécia, um espaço é destinado exclusivamente aos pré-adolescentes: o Tio Tretton, que pode ser traduzido como Dez Treze, indicando a idade dos frequentadores do lugar, livre de familiares e professores. Ali, a única regra é tirar os sapatos assim que entrar. O lugar também oferece um espaço para cozinhar, máquinas de costura, iPad’s e estantes repletas de livros.

 

Biblioteca Infantil Multilíngue Belas Artes, em São Paulo

 

 

Inaugurada em 2013, a Biblioteca Infantil Multilíngue Belas Artes é considerada a primeira da América Latina com livros em diversas línguas para crianças e jovens de até 19 anos. Para atrair os pequenos, conta com um espaço de brinquedoteca para aqueles ainda não tão familiarizados com os livros, além de oficinas, palestras e salas de leitura.

 

Biblioteca do Sesc Ribeirão Preto, em Ribeirão Preto, São Paulo

 

 

Que tal disfrutar uma boa leitura cercado por aquarelas, feitas especialmente por ilustradores, em um ambiente colorido e confortável? Essa é a proposta da Biblioteca do Sesc Ribeirão Preto, que traz às crianças da cidade paulista mais de 3 mil livros infantis e juvenis. O espaço também conta com atividades de contação de histórias todos os domingos, às 16h, além de clubes de leitura, lançamentos de livros, oficinas de criação literária e o projeto Fora da Estante, que leva mediação de leitura e uma minibiblioteca a internos da Fundação Casa.

 

Biblioteca Parque Villa Lobos, em São Paulo

 

 

Já imaginou uma biblioteca dentro de um parque? Então você tem de conhecer a Biblioteca Parque Villa Lobos, localizada em um dos principais parques da cidade de São Paulo. Depois de passear de bicicleta com o seu filho, você pode conferir alguns dos mais de 26 mil itens do acervo.

 

Biblioteca Monteiro Lobato, em São Paulo

 

Foto Sylvia Masini

 

Aqui a variedade á grande! Com um dos mais importantes acervos de literatura infantil do país, a biblioteca conta com 90 mil exemplares disponíveis ao público, sendo centenas de itens (livros, fotografias, correspondências) referentes a Monteiro Lobato. O espaço também conta com uma gibiteca com mais de 7 mil gibis, mangás e RPGs, e uma programação com oficinas, palestras e narração de histórias.

Neste post