Bem-vindos ao caldo literário do Blog da Letrinhas

Se uma sopa rende um caldo cheio de ingredientes deliciosos, o que cabe numa sopa de letrinhas? Inventividade, histórias, alegria, intuição — e, claro, não pode faltar criança.

O Blog da Letrinhas é um novo espaço de diálogo com pais, educadores, mediadores e profissionais do livro. Temas como formação de leitores, política e promoção de leitura, bastidores da criação e o exercício de ser criança, entre outros, serão apresentados em diferentes formatos – texto, vídeo e áudio – e seções: Curto-circuito (vídeos com conversas entre autores), Só um minutinho (áudios com releituras de obras), Está no papo (entrevistas), Rascunho (textos sobre processos criativos) e Retrato (biografias de autores contadas a partir de uma fotografia de arquivo pessoal), Caraminholas (artigos de autores e colaboradores da casa). Tudo que não cabe nessas seções entra na Sopa de Letrinhas, uma saborosa miscelânea de assuntos.

Para inaugurar este espaço virtual, perguntamos a escritores, ilustradores e colaboradores da Companhia das Letrinhas o que não pode faltar numa sopa dessas. Veja abaixo algumas respostas, e aproveite pra nos contar a sua receita!

 

“Uma colher bem grande para poder içar o máximo de letras e degustá-las deliciosamente.”

Ilan Brenman, escritor

 

“As letrinhas soltas não significam nada. Quando as juntamos, fazemos uma história. Que a gente consiga juntar essas letrinhas da sopa para escrever a história de um mundo melhor.”

Adriana Carranca, jornalista e escritora

 

“Ah, se é pra brincar a resposta vai ser: nadinha de nada!”

Laura Erber, escritora e ilustradora

 

“A criança. Não na panela, mas pra tomar a sopa!”

Blandina Franco, escritora

 

“Não pode faltar todo tipo de guloseimas para serem escolhidas ao gosto de freguês: verduras picadinhas tipo almeirão, couve e espinafre, pedacinhos de gengibre, cubos de peixe cru, almôndega, batata-doce, batata frita, banana caramelada com canela, sorvete de pistache, pipoca, patê de cenoura, geleia de mexerica e muito etcetera. Além disso, em volta do prato: um copo de suco para alternar com a sopa, uma sobremesa gostosa para variar o paladar, um chá quente para ajudar a digestão.”

Flavio de Souza, escritor e ator

 

“O livro é a tigela da sopa de letrinhas?”

José Carlos Lollo, ilustrador

 

“Não podem faltar criatividade, clareza, inteligência. Também não podem faltar muitos pontos de interrogação, exclamação e vírgulas. Abrir espaços para produzir e se questionar.”

Andrés Sandoval, ilustrador

 

“Não pode faltar a alegria, a intuição, a amorosidade e, sobretudo, o tempero maior: a inventividade.”

Sávia Dumont, escritora e bordadeira

 

“Tempero e muitas histórias!”

Luciana Sandroni, escritora

Acesse a Letrinhas nas redes sociais